Uai, sô: Chico Bento em dose dupra

Uai, sô: Chico Bento em dose dupra Em 2011 Chico Bento, um dos personagens mais queridos dos quadrinhos de Maurício de Sousa, completou 50 anos sem muito alarde. Mas, como nunca é tarde demais para dar um bom presente, o pai da Turma da Mônica compensou seu filho mais caipira (e os leitores) com dois: na última semana de agosto o matuto chega às bancas em “dose dupra”, com a nova revista “Chico Moço” e a hilária Graphic Novel “Pavor Espaciar”.



A primeira publicação a chegar ao mercado é a versão adolescente do personagem, prevista para o dia 27. A linha é a mesma de “Mônica Jovem”, maior sucesso editorial dos últimos tempos no mercado de HQs - apenas para se ter uma ideia, a edição que trouxe o casamento da jovem dentuça com Cebola vendeu 600 mil exemplares. Quando lançou a versão teen, em agosto de 2008, Maurício já antevia que Chico também “cresceria”, mas o projeto levou cinco anos para maturar.


Chico Moço traz o protagonista crescido e também em traço mangá, mas com um quê inegável do clássico Ferdinando, de Al Capp. Assim como ocorreu com a Mônica, as aventuras do “moço” têm inúmeras referências ao universo “normal” dos gibizinhos, mas são independentes dele. Chico Moço será mensal – o primeiro número tem 100 páginas e custa R$ 7,50 - e as revistas tradicionais de Chico Bento continuam saindo normalmente.


Maurício garante que Chico “não vai abandonar o jeito sertanejo de ser”, mas novidades não faltarão. Já no primeiro exemplar, com a história “Um novo começo”, Chico deixa a Vila Abobrinha para iniciar a faculdade de Agronomia em outra cidade. Às vésperas de iniciar “a grande aventura”, o rapaz decide visitar seus lugares favoritos na roça e encontrar pessoas importantes em sua infância para contar a novidade e se despedir. Ou seja, de cara o leitor conhecerá as versões envelhecidas – nas devidas proporções – não só do personagem principal como também de Zé Lelé, Rosinha, Hiro, Zé da Roça, primo Zeca, Nhô Bento, Dona Cotinha, Dona Marocas...


Acompanhando o lançamento também será colocado no mercado um game para smartphones e tablets chamado O sumiço de Rosinha, no qual o jogador tem que ajudar Chico a encontrar a namorada que marcou um piquenique romântico e – misteriosamente – sumiu na floresta ao lado da faculdade de Agronomia . 

O aplicativo para o jogo poderá ser encontrado nas principais lojas virtuais a partir da data de lançamento da revista e, após realizar o download e instalação do game em seu dispositivo eletrônico e de posse da revista Chico Bento Moço 1, o leitor seguirá as instruções de uso que aparecerão na tela, posicionando determinadas páginas da revista em frente à câmera, conforme solicitado pelo jogo, para obter as pistas necessárias à conclusão das fases do game. 

Pavor !


Já a Graphic Novel Pavor Espaciar tem lançamento previsto para o dia 29 e traz uma HQ de 80 páginas criada e ilustrada pelo genial Gustavo Duarte, conhecido do grande público em especial pelas caricaturas e charges do jornal esportivo O Lance. A edição poderá ser adquirida nas versões capa dura (R$ 29,90) ou capa cartonada, por R$ 19,90. 


Na HQ belamente ilustrada – e engendrada – por Duarte, Chico Bento, Zé Lelé, o porquinho Torresmo e a galinha Giserda são abduzidos por alienígenas em uma aventura hilária. A Graphic Novel tem texto de apresentação do guitarrista Roger Moreira (Ultraje a Rigor) e uma série de extras que incluem esboços, roteiros, curiosidades e ensaios de capas feitos pelo artista ao longo da produção da obra, além da biografia do autor e uma matéria sobre as primeiras tiras de Chico Bento.

Pavor Espaciar é a terceira publicação do selo Graphic MSP, no qual os personagens de Maurício de Sousa ganham aventura mais longa feita por um autor convidado, e segue a mesma linha das demais: como nas predecessoras (Astronauta Magnetar e Turma da Mônica: Laços) , Gustavo Duarte teve liberdade total no argumento e nos desenhos, e o resultado foi excelente.


O ritmo de desenho animado da HQ aliado aos traços muito bem humorados do cartunista deixam ainda mais hilária a aventura fantástica dos primos caipiras. Vale atentar para detalhes curiosos, como as armas dos alienígenas (e um certo cantor a bordo da nave), a veraneio dos pais de Chico (com um adesivo do time do autor no vidro) e um certo convidado especial verde que aparece no disco voador.

Um quarto álbum da linha – o último previsto entre os anunciados pelos estúdios do pai da Mônica em 2013 - já está no prelo e será uma releitura de Piteco com traço e argumento do artista paraibano Shiko. 

E dá-lhe Mônica

Se por um lado Chico Bento ganhou presente atrasado de aniversário, o que não faltam são comemorações ao meio século da baixinha dentuça mais famosa do Brasil. Dando sequência as inúmeras homenagens – que até agora incluíram não só gibis especiais como peça de teatro e dezenas de exposições – a Maurício de Sousa Produções confirmou que vem aí o livro Mônica(s), com 150 artistas de todo o mundo homenageando os 50 anos da baixinha dentuça. 


Entre as homenagens estão artes que incluem o genial Milo Manara (o italiano conhecido por seus quadrinhos eróticos) e o falecido Will Eisner (The Spirit), o grafiteiros como Hamilton Yokota (o Titi Freak) e o brasileiro consagrado nos quadrinhos da DC Comics Eddie Barrows. “São 150 desenhistas, ilustradores e grafiteiros homenageando a dentucinha em seus próprios estilos. Já temos cerca de 100 artes entregues e as demais estão a caminho”, adianta o jornalista Sidney Gusman, responsável pelos projetos editoriais da MSP. 


Além deste especial, também está sendo lançado neste mês de agosto o livro Todas as Capas da Mônica, publicação em dois volumes que reúne todas as ilustrações frontais da revista mensal já publicadas até este ano. O primeiro volume da coleção traz um dossiê detalhado em 272 páginas no formato 10x11,5cm, que chega às livrarias a partir de 6 de agosto, com preço sugerido de R$ 24,90.

Cada página contém a imagem de uma capa, em ordem cronológica de publicação, desde a primeira publicada em 1970 pela Abril até a edição 75, comemorativa dos 50 anos da Mônica, lançada em março de 2013 pela Panini, trazendo informações como mês e ano em que foi publicada e número da capa. O segundo volume será lançado no final de agosto, durante a Bienal do Livro, no Rio de Janeiro (RJ). 

Outras Graphic Novels MSP: Astronauta – Magnetar ; Mônica Laços; Piteco – Ingá; Bidu: Caminhos; Astronauta - Singularidade

Entre em Contato com o Mundo HQ

Seu endereço de email não será divulgado, porém, deverá ser um e-mail válido para obter a resposta. Campos obrigatórios são marcados*